Postos Galo

Bem-vindo aos Postos Galo

Programa ReÓleo amplia abrangência e mantém foco na educação ambiental


Postado por: Postos Galo em 05.08.2013
Programa ReÓleo amplia abrangência e mantém foco na educação ambiental

Um dos mais importantes programas de preservação ambiental da Capital, o ReÓleo, também tem atuação destacada nas cidades da Grande Florianópolis. Criado há 15 anos pela Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF), o projeto cresceu e hoje atende, além da Capital, os municípios de São José, Palhoça e Biguaçu, e até cidades um pouco mais distantes como Paulo Lopes, Governador Celso Ramos e Anitápolis.

“O trabalho já tem grande aceitação em Florianópolis e conseguiu espalhar a ‘semente’ da preservação pelas cidades vizinhas. Agora, contamos com a comunidade da região metropolitana para nos auxiliar nesta empreitada”, destaca Luiz Falcão de Moura, diretor do Programa.

Ao todo, são 93 pontos de coleta e Postos de Entrega Voluntária (PEV’s) espalhados em restaurantes, lanchonetes, postos de combustíveis, condomínios, escolas e instituições públicas e privadas. Em média, o ReÓleo recolhe 30 mil mensais litros do resíduo em toda a Grande Florianópolis. A Rede de Postos Galo é parceria do projeto e mantém postos de coleta em suas unidades.

Para o presidente da ACIF, Sander DeMira, a contribuição do ReÓleo para o desenvolvimento sustentável das cidades é imensa. “A valorização da iniciativa é fundamental e vai permitir que as próximas gerações convivessem em lugares mais saudáveis, belos e com a qualidade de vida preservada”, diz.

Neste segundo semestre o foco do ReÓleo está sendo a Educação ambiental. A apresentação “Reciclar é Educar”, já foi vista por mais de 8 mil jovens, sendo levada para diversas escolas da Grande Florianópolis, ajudando a formar uma geração mais consciente sobre a importância da preservação da natureza e reciclagem.

Por meio de palestras que reunem música, teatro e atividades práticas, o ReÓleo já conquistou crianças e adolescentes. A meta é chegar aos 10 mil até o final deste ano. “Depois de aprender sobre os cuidados com o meio ambiente, são eles que repercutem a cultura da preservação para a família e amigos. É um ciclo virtuoso, que vai além da reciclagem de óleo, e que seguirá para toda a vida”, explica Falcão.

Fonte: Jornal Metropolitano/ Acif
 

blog comments powered by Disqus